Archive / bordados

RSS feed for this section

os nossos rituais …pessoais

linhas_p

Assim como não sou casada (a jeito de continuação do post anterior), também não sou baptizada e não tive qualquer educação religiosa. Fui educada no sentido de manter uma mente aberta não só para respeitar as crenças de quem me rodeia, mas também para um dia poder adoptar uma para mim… e tenho, muitas. Não têm nome, nem datas, nem grandes rituais… algumas não têm sequer explicação =P

E foi por assim ser que, apesar de muito solicitados, nunca me entusiasmei com a realização de determinados artigos relacionados com religião.

Mas recentemente uma grande amiga que não vejo há muitos anos, espicaçou-me com uma encomenda especial. Queria uma toalha de baptizado para a sua afilhada, mas queria uma toalha com um bordado diferente do que é o habitual. Estremeci, torci o nariz e confesso que (com pouco entusiasmo) tive que ir pesquisar o que se tratava, perceber as medidas, os materiais, etc. Mas o “diferente do que é o habitual” conquistou-me e lancei-me ao projecto cheia de vontade.

flor_p

A verdade é que qualquer peça tem um significado maior que aquele que exige o ritual. Não são artigos religiosos, são presentes, representações do que sentimos pelas pessoas a quem as oferecemos, são (uma vez mais) marcos de momentos que se desejam eternizar. Revelam a importância que terceiros têm nas nossas vidas. E foi com essa crença (sim, porque acredito que cada peça que trabalho, detém em sim a energia que lhe deposito) que bordei a toalha da Filipa. E também foi por isso que a minha Tinas fez questão de procurar algo personalizado, que fosse mais parecido com ela e com o que quer transmitir à sua Filipa.

Filipa2_peq

Filipa1_peq

fita_peq

…e nem faltou a fita para a vela.

a_p

Toalha1_p

Posto isto, aceitam-se encomendas para toalhas de baptismo ;)

para o primeiro amor – o pai

Este foi o lenço que a Cláudia Sofia ofereceu ao seu pai, pelo seu 50º aniversário. Disse-me com orgulho, nas mensagens que trocámos: “é, indiscutivelmente, o homem da minha vida”.

A verdade é que eles são o nosso primeiro amor ..e esse nunca se esquece, certo?

Ps.: Já perdi a conta ao número de vezes que bordei “Sofia” em lenços.. e quanto a mim, há uma conclusão que salta à vista: as “Sofias” são mulheres com muito bom gosto! ;)

esta chucha vai para o gato

Desenganem-se os que pensam que deixar a chucha é fácil!! Nop, não é! “Então, a minha amiga, que me acalma quando estou extra-estimulada, que me reconforta quando estou assustada, que me apoia quando me sinto frustrada, que me mima quando estou carente… então, mas agora é má?! Passou a fazer-me mal aos dentes?! Além disso ela não gosta de vos ouvir dizer essas coisas.. ela precisa de mim! xiuuu.. ela fica triste! …eu er… eu acho que preciso da chucha para deixar a chucha!” – imagino que seja mais ou menos isto que eles devem pensar.

Sei que a M pensou assim, li-o no seu olhar. Por isso também sei que a ajudou saber que, se estava na altura de as deixar ir, antes fossem para o caçador de sonhos cumprir o objectivo de a tranquilizar durante a noite, que para qualquer gaveta… ou sabe-se lá para onde!

Recordo-me que a minha foi para um borrego bebé aqui da horta vizinha. Se fiquei contente? Não! ..mas ele precisava mais dela do que eu…

Creio, portanto, que não passa por desvalorizar algo que foi tão importante, mas pelo contrário, enaltecer as suas belíssimas características e dar-lhe outro objectivo, valorizando-as.

Por isso, a chucha da Matilde (uma menina linda e grande que já tinha deixado as chuchas) foi entregue a um novo amigo! ..e ele estava mesmo a precisar dela =) já repararam no sorriso?

o amor é feito para 2

“Tive um encontro lindo proporcionado pelo Facebook!
Esta é a minha forma mais subtil de lhe dizer que esta página é a concretização daquilo que imaginamos!

Virei esta página do avesso para me centrar em algo único, mas foi quase impossivel porque cada peça transborda AMOR!”

Receber mensagens como esta, faz-nos acreditar que nos encontramos no caminho certo. E eu acredito! Cada vez me sinto mais motivada, mais concentrada, mais próxima de cumprir objectivos e sobretudo mais feliz!
Este natal foi passado numa correria entre encomendas e mais encomendas :) deixou-me cansada, mas também tão satisfeita!! E no final, saber que consigo transmitir nas peças o prazer que sinto ao realizá-las, deixa-me extasiada, com a sensação de dever cumprido. Inspiro fundo …e inicio outra com mais motivação!
A Márcia encomendou-me este bastidor para oferecer ao seu grande amor. A frase “O amor foi feito para dois, foi feito para ti e para mim” ecoou-me na cabeça durante uns dias até acordar uma manhã com um projecto que me pareceu perfeito, com um pormenor que fazia lembrar as promessas de amor da infância, aquelas que se inscrevem nos troncos das árvores, pois é essa inocência e pureza que me ocorre quando penso nestas dedicatórias! E felizmente a Márcia concordou :)

O resultado foi este:

“Encomenda recebida!
Não resisti e abri o presente do maridão e quer saber a minha mais sincera opinião do resultado?
– Se antes admirava o seu agulhar, agora sou FÃ!
Ter em mãos aquilo com que nos maravilhamos através da Internet… tem outro sabor!
Agora de uma coisa estou certa, as suas agulhas vão tornar os meus presentes mais intensos.
Obrigada pela dedicação
Beijinho”

E pergunto: não terei sido eu a receber um presente? :)

Um grande beijinho, Márcia!!*

O Christmas Tree! O Christmas Tree!

Shame on me, que ainda não montei a árvore de Natal cá de casa. Sinto que é uma falha tão grande, que para compensar resolvi começar a bordar árvores até mais não! Não consigo explicar o quanto é agradável ver a quantidade de árvores de natal a aumentar. São tão bonitas (digo-o eu, sem qualquer modéstia) e cheiram tão bem :)

E com elas estreamos também as novas etiquetas Mint, para os artigos mais pequenos. Estão de parabéns o Carlos Alves (que é meu irmão e o designer responsável pela imagem do Mint Handicrafts) e A Fornecedora Online que as produziu.

somos grandes!!

Este bastidor acompanhou-me durante algum tempo, pelo que me apeguei a ele de forma especial. 
A encomenda foi feita por uma nova amiga que conheci no Workshop Loja Online, promovido pela Rita Rodrigues da Made in Paper. Foram dias muito divertidos. Adorei conhecer pessoalmente a Rita, que tão bem alimenta o meu shopping addiction, através da venda de material de papelaria e coisas lindas para um packaging mais personalizado. Mas o que mais gostei mesmo, foi ter a oportunidade de dar uma cara (..e corpo …e carácter..) a alguns projectos que já acompanhava, como foi o caso da Cristina Cunha, que apresenta peças lindas no blog ‘do sotão para a montra‘ e que tem, a meu ver, um dom especial para criar malas. Tem malas liiiindas ..que eu quero ter! Ai quero, quero!!

o casamento da Sofia

Em meados de Fevereiro fui contactada por uma noiva tão, mas tão apaixonada que me contagiou. A Sofia pediu-me que bordasse um lenço para o seu futuro marido e no seu pedido vi reflectido o que escrevi anteriormente sobre os lenços de casamento.

Enquanto bordei o lenço pensei muito sobre o amor, sobre o significado que este lenço iria ter na vida destas pessoas.. e quando dei por mim, estava ainda mais apaixonada pelo que faço, pois percebi o impacto que estas peças têm.
Através de uma mensagem que me enviou ao receber o lenço, a Sofia acabou por me confirmar aquilo em que vinha reflectindo.
Há coisas que nós vemos na internet, e as noivas vêem muitas coisas na internet, e achamos sempre que é impossível e depois temos a agradável surpresa de encontrar pessoas como a Cristina, que afinal o que fazem realmente é de facto magia e fazem-nos acreditar que as coisas simples e bonitas existem…
Era isso que queria, algo simples, bonito e que não fosse material em estrito para dizer ao homem com quem vou casar que o amo muito… Porque afinal é por isso que as pessoas casam: porque se amam =)
E a Cristina fez isso real =) Por isso só podemos mesmo chamar de magia =)
Obrigada obrigada e obrigada =)

Não foi a primeira mensagem que recebi com um agradecimento, mas foi aquela que mais me tocou. Esta mensagem cimentou o que vinha sentindo:

Sou apaixonada pelo que faço!!

A Sofia casou este mês e eu desejo-lhe as maiores felicidades! =) 
…e obrigada também, minha querida Sofia ;)

de uma madrinha babada

..para a sua princesa Leonor.
Esta encomenda foi das que mais prazer me deu conceber. Gostei de tudo! Desde a composição à execução do lenço, o bordado e o caseado com crochet a rematar…

as cores, a banda sonora, o cantinho que criei para bordar..

..a tarde que passei com a minha tia Mari’Lena, a aprender os pontos do bordado dos lenços.
Momentos tão ricos ….e eu sem máquina!! Pois, passei por tudo isto, sem uma máquina para fotografar. É por isso que este post é acompanhado por algumas fotos que tirei com o telemóvel..
Tenho que agradecer à Filipa, pela linda encomenda que me fez – um lenço dos namorados para oferecer à sua afilhada como prenda de baptizado, uma prenda com o mesmo tema que o casamento dos seus pais <3. 
Andava a adiar esta experiência há demasiado tempo e no entanto correspondeu exactamente ao que imaginava. Pegar num projecto destes é como devorar um livro do qual não nos conseguimos afastar. É bom!!!

Ausente, mas não parada =)

É ao som de Woody Herman que vos escrevo este post. Será curto, pois o tempo é pouco. Quero apenas apresentar os Conjuntos de Natal em Branco =)

São dois modelos com almofadinhas em linho (tal como as anteriores, também estas são “recheadas” com alfazema) e complementadas com um pompom e uma bola agulhada em crochet.

Existem dois tons de branco:

um branco amarelado…

…e outro branco limpinho

Ainda vai a tempo de fazer do seu Natal um Natal Mint =)