o caçador de sonhos

Conta a lenda Ojibwa, que existiam duas tribos em guerra. A raiva e o rancor entre ambas, gerou energias negativas, que faziam com que as crianças tivessem pesadelos. A grande mãe búfala desceu à terra e pediu ao xamã da aldeia que fizesse um aro com um galho de salgueiro-chorão e deixasse uma aranha fazer uma teia dentro dele. O xamã obedeceu e pendurou o filtro no tecto da cabana na qual que as crianças dormiam. Como resultado, as energias negativas ficavam perdidas na teia e consequentemente presas, enquanto as boas energias sabiam para onde ir, passando pelo furo central. E aos primeiros raios de sol, as energias dissipavam-se no caçador de sonhos.
Era mesmo o que a M. precisava! 
Já há algum tempo que a minha M. vinha tendo pesadelos, e o pior – havia deixado as chuchas fazia poucos dias (porque já é uma linda menina crescida, que deixou a mãe cheia de orgulho) – mas continuava a querer mantê-las por perto, de forma a que a “continuassem a proteger”. Com o intuito de a ajudar fiz-lhe este caçador de sonhos com elas, para que tivesse um sono mais tranquilo.

Anúncios

4 opiniões sobre “o caçador de sonhos”

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s