Fazer pendant…

…ou pandã (como já encontramos nos dicionários de português), condizer …estas são expressões que só refiro com um determinado toque de ironia. Gosto mais de palavras como contrastar. Encontrar o elemento que briga, mas que complementa. Fazer pendant, NUNCA!! JAMAIS (parece-me mais adequado)!!

..mas “nunca digas nunca”, dizia-me a minha prima Inês …e cá estou eu a fazer coisas a condizer. Contudo ainda argumento: Condizer porque são um ‘conjuntinho’ (palavra que surge frequentemente na mesma frase que “fazer pendant”). Os tecidos combinam ..com cores que brigam!! AH! AH!

Enfim… cá estão eles!

A agenda:

Journal cover Margarida7 p

Journal cover Margarida3 p

Journal cover Margarida4 p

Journal cover Margarida2 p

Journal cover Margarida6 p

Journal cover Margarida1 p

Journal cover Margarida5 p

…e o notebook:

notebook cover Margarida1 p

notebook cover Margarida7 p

notebook cover Margarida8 p

notebook cover Margarida4 p

notebook cover Margarida2 p

notebook cover Margarida6 p

notebook cover Margarida3 p

notebook cover Margarida5 p

Que juntos, ficam lindos!!

Mags covers 3 p

Mags covers 2 p

Mags covers 1 p

Anúncios

maçãs e flores para inspirar

Foi uma avó muito babada quem me fez esta encomenda. Do que necessita uma menina de 13 anos que adora desenhar? De um notebook inspirador! E aqui está ele.

…espero que faça justiça aos trabalhos desta talentosa neta! 🙂

conta-me histórias

Ouve-se a voz e sabemos que se deu inicio a mais um conto. E já nos prendeu, pois começa segura e com o tom de quem tem algo estrondoso para contar. (Entusiasmo, entusiasmo!! Dou por mim sentada de pernas cruzadas, inclinada para a frente como se assim ouvisse melhor ou conseguisse anteceder o que vem de seguida.) Por vezes já se sabe onde aquilo vai parar, mas ainda assim chegamos lá como se de uma novidade se tratasse.

Ouvir contos é isto, é passar a outro o controlo do imaginário e regressar, com sossego, à infância, onde tudo é limpo, inocente e novo. E vale a pena ouvi-los sem os preconceitos e responsabilidades que nos perseguem e deixarmo-nos apenas estar.. com o tal entusiasmo.

Este para mim é feito de flores e maçãs. E nele há um lobo, uma menina e uma avó.

O resto.. o resto é história!


cor para os dias cinzentos

Tenho a sensação que os dias cinzentos de chuva já me aborreceram menos, por isso há que combater o “escuro” com cor e música que chega ao peito (Mallu Magalhães).
A agenda da Carla é mais uma das agendas Mint personalizadas. E para os amigos especiais, não poderia ser mais fácil! É a tal história: colocar sentimento no projecto que temos em mãos e ..pronto! Mais nada! 

Esta capa também tem uma banda sonora que poderia muito bem ser a música desta minha tão querida amiga, não que esteja velha e louca, mas porque também “tem a alegria como dom e em cada canto vê o lado bom” (com sotaque e tudo!!) =D

a menta é fresca e serena – mais uma agenda

Um dos motivos que leva o Mint a ser Mint é precisamente o quanto adoro a cor.  Também é esse o motivo que me faz “guardar” os tecidos com cor menta para projectos especiais.
E este foi =)

Apresento a agenda da Ana, uma amiga muito especial, daquelas que temos de sempre (mesmo de sempre) e que sabemos que jamais vamos perder.
Vou confessar, fiz-lhe a agenda como se a fizesse para mim. São as “minhas” cores e padrões… dois dos tecidos que mais gosto, que me foram enviados de longe por alguém de quem também gosto muito.

E o melhor é que tive uma ajuda muito especial. A minha assistente, que agora é assessora (assim a M. o quis) esteve também presente nesta criação. 
E eu acho (no meu achar que é suspeito) que o resultado não poderia ter sido melhor.

“-Mãe, foi um bom trabalho de equipa. High five?!”